Liderança

Precisamos ajustar a maneira de ouvir os colaboradores

Precisamos ajustar a maneira de ouvir os colaboradores

3 minutos As coisas mudaram. E muito. A incerteza aumentou, as equipes ficaram mais dispersas, com menos contato pessoal, mais autônomas e não necessariamente mais produtivas. Ainda não temos dados concretos mas estima-se que 95% das empresas nos grandes centros terão equipes de back-office trabalhando em casa, trazendo desafios enormes na gestão de acessos a servidores, segurança de informação sensível, tráfego de dados e principalmente, gestão de pessoas. Em nossas conversas com alguns clientes sobre a decisão de continuar, mudar o foco ou postergar Continue lendo

O Engajamento e o teste da Mega-Sena

O Engajamento e o teste da Mega-Sena

3 minutos Pense comigo: quantas pessoas na sua empresa podem ser chamados de ENGAJADOS? Sim, engajados. Aqueles que têm orgulho da empresa e do trabalho que fazem lá, querem continuar, recomendam, sentem-se psicologicamente seguros naquele ambiente e contribuem para que a empresa seja melhor a cada dia. E então, qual o percentual de pessoas assim aí na sua empresa? Menos de 10%? 30%? 50%? Se eu me basear nas pesquisas e diagnósticos de engajamento que aplicamos há mais de 15 anos, posso garantir que Continue lendo

Algumas (ótimas) ideias de como envolver a equipe no planejamento e na execução da estratégia de sua empresa

Algumas (ótimas) ideias de como envolver a equipe no planejamento e na execução da estratégia de sua empresa

14 minutos Ter gente engajada na execução de algo planejado é tão precioso quanto planejar algo podendo contar com gente engajada no time. No primeiro caso, a força, a energia e a convicção da equipe de implementação nos dá aquela “quase certeza” de que o planejado vai se realizar, vai sair do papel. No segundo caso, a boa vontade, a abertura e a ambição de crescer juntos nos traz a convicção de que o desenho concebido está alinhado com um futuro alcançável. Com pessoas Continue lendo

Reter talentos: a cultura da empresa e o engajamento de colaboradores como vantagens competitivas

Reter talentos: a cultura da empresa e o engajamento de colaboradores como vantagens competitivas

5 minutos Você pode usar a cultura da sua empresa e o nível de engajamento dos seus colaboradores como sua grande vantagem competitiva para reter talentos. Vou te explicar melhor. As pequenas e médias empresas de hoje têm um desafio imenso: se veem nadando contra todas as forças para continuar a ser relevantes no mercado em que atuam. Encaram desafios como a automação, os fluxos de capital ultradirecionados e muita gente jovem orientada por objetivos e com formação às vezes duvidosa. Não é fácil Continue lendo

Três formas de se aumentar a produtividade de equipes e colaboradores, com base em dados

Três formas de se aumentar a produtividade de equipes e colaboradores, com base em dados

12 minutos O principal papel do gestor nos dias atuais é garantir que sua equipe se sinta engajada com o que faz no ambiente de trabalho. Podemos dizer que a gestão é a interface que se encontra entre os objetivos profissionais e pessoais de um colaborador e o seu desenvolvimento na empresa. Neste artigo, mergulhamos no grande banco de dados que temos na Carvalho e Mello após anos de pesquisa de engajamento e clima com colaboradores de diferentes empresas. O objetivo é determinar os Continue lendo

Descobrindo o verdadeiro ROI do engajamento

Descobrindo o verdadeiro ROI do engajamento

2 minutos Empresas que investem em colaboradores engajados descobrem um retorno positivo no clima organizacional. É um lucro coletivo representado pelos valores que as equipes agregam à organização quando se sentem comprometidas e motivadas no ambiente de trabalho. Mas como aumentar o retorno sobre o investimento – ROI – do engajamento? O primeiro aspecto que influencia o ROI do engajamento é o que chamamos de “aquisição”. Uma organização que possui uma cultura organizacional bem definida e clara deve contratar colaboradores que se identificam com Continue lendo

Pare de gerenciar Millennials, Geração Y, Z e coisas do tipo

Pare de gerenciar Millennials, Geração Y, Z e coisas do tipo

2 minutos A pergunta que sempre me faço é: quem é que profetizou que os comportamentos e expectativas das pessoas no trabalho devem ser agrupados em grupos geracionais como Millennials, Geração Y, Z? De que base científica veio isso? Nenhuma, tenha certeza disso. A diferenciação das gerações ajuda pesquisadores a classificar cada período histórico de acordo com seus principais eventos e inovações. E ponto. Aí um consultor-guru diz que devemos tratar os “Millennials” de uma determinada maneira, pois eles estão conectados ao “propósito”, como Continue lendo

A “experiência do colaborador” e seu impacto nos números da empresa

A “experiência do colaborador” e seu impacto nos números da empresa

2 minutos Precisamos falar sobre os impactos da “experiência do colaborador” nos números finais de uma empresa e sua relação com o engajamento e o clima organizacional. O motivo é simples: tudo que um colaborador encontra, desde o dia de sua contratação até o momento em que seu vínculo é finalizado, impacta diferentes partes do negócio. Estamos falando de ROI – retorno sobre investimento, faturamento, rotatividade, lucratividade e por aí vai… Vamos tomar como exemplo a rotatividade: um estudo nos Estados Unidos, realizado pela Continue lendo

Efeito IKEA: o colaborador como peça importante na cultura organizacional

Efeito IKEA: o colaborador como peça importante na cultura organizacional

3 minutos Você já ouviu falar do Efeito IKEA? Pois bem, o efeito IKEA é um viés cognitivo que descreve um aspecto fascinante do comportamento humano, fruto de um estudo dos pesquisadores Michael Norton, Daniel Mochon e Dan Ariely, nos Estados Unidos. Ele parte da seguinte premissa: quando uma pessoa exerce um papel importante ao construir um produto, ela tende a reconhecer um valor ainda maior neste mesmo produto quando ele se torna finalizado. A ideia do Efeito IKEA, cujo nome é inspirado na Continue lendo

Dezesseis temas que colaboradores gostariam de avaliar sobre seus gestores

Dezesseis temas que colaboradores gostariam de avaliar sobre seus gestores

2 minutos Como diz o ditado, pessoas mudam “de chefe, não de empresa”. A forma como um indivíduo lida com seu gestor é um dos drivers fundamentais do engajamento dentro de uma organização. A dinâmica desse relacionamento impacta de maneira importante a produtividade e o senso de pertencimento. Neste artigo, reunimos temas que percebemos que colaboradores gostariam de avaliar sobre seus gestores. É por causa deste driver importante que a sua pesquisa de engajamento e clima precisa abordar muito bem os aspectos do dia Continue lendo