Clima Organizacional

O trabalho remoto, a retomada e a qualidade das relações.

O trabalho remoto, a retomada e a qualidade das relações.

4 minutos Bastou que Google, Facebook e companhia lá do Vale do Silício anunciarem que continuarão com o home-office pelo menos até 2021, para que alguns leitores de manchete dissessem que estava decretado o novo normal: 50% do pessoal trabalharia em casa enquanto a outra metade desafortunada, penaria indo para os escritórios. Será? Duvido muito. E como me incomoda quando ouço ou leio a expressão “novo normal”, pois, apesar de achar que o que estamos fazendo hoje em termos de relacionamentos organizacionais não tem nada Continue lendo

A AUTONOMIA versus o microgerenciamento

A AUTONOMIA versus o microgerenciamento

1 minuto O microgerenciamento é um copo de veneno que está na mesa de todos nós gestores, do qual, de vez em quando, tomamos um prazeroso gole, que nos faz sentir importantes, imprescindíveis e amados.  Em outras palavras, é uma droga! Os antídotos são a delegação (sua) e a autonomia (da equipe). Não é fácil se desvencilhar daquilo nos dá prazer, você vai precisar de método e consistência. Veja a seguir algumas dicas, usando a abordagem direta do Management 3.0 / Happy Melly para Continue lendo

Engajamento na vida real: um CASE rápido de uma grande empresa do varejo.

Engajamento na vida real: um CASE rápido de uma grande empresa do varejo.

2 minutos Sim. Clima organizacional, engajamento e desempenho estão intrinsecamente relacionados. Você já deve ter lido (e eu já escrito) uma série de artigos falando sobre a relação entre clima organizacional, engajamento e desempenho. Já deve ter lido também que: “Sem dados você é apenas mais uma pessoa com uma opinião.” (W. Edwards Deming). Então, que tal irmos aos dados? Vou apresentar abaixo algumas informações extraídas do Relatório CM Analytics que geramos antes do distanciamento social, em uma grande rede varejista com mais de Continue lendo

Vamos falar sério sobre engajamento?

Vamos falar sério sobre engajamento?

16 minutos Ou… Tudo que você queria saber sobre engajamento e não tinha para quem perguntar! Alguns avisos gerais antes de você entrar de vez na leitura. Estamos nos referindo aqui a pessoas. Não estamos falando daquele povo que aparece feliz e saltitante nas imagens de equipes em blogs, estamos falando de gente real, que às vezes levanta de mau-humor e mesmo assim vai para a empresa e entrega além do que foi contratado. Aquela imagem idílica é uma farsa que nos acostumaram a Continue lendo

Pesquise o engajamento de seus colaboradores em home-office.

Pesquise o engajamento de seus colaboradores em home-office.

2 minutos Ouvir os colaboradores não é mais uma opção, é mandatório. Dia 31 de março deste ano (parece que faz tanto tempo!) escrevemos este artigo abordando a necessidade reajustar a nossa maneira de ouvir os colaboradores e até disponibilizamos aqui um questionário para que as empresas utilizassem como base para suas pesquisas. E muita, mas muita coisa mudou de 31 de março para cá. Aquilo que era uma experiência diferente virou a rotina e a necessidade de se ouvir, entender e se aproximar dos Continue lendo

Diagnósticos e ferramentas para o RH enfrentar os desafios da retomada

Diagnósticos e ferramentas para o RH enfrentar os desafios da retomada

menos de 1 minuto A prioridade número um de todos nós no enfrentamento dos efeitos da COVID-19 é garantir a saúde daqueles que nos cercam, num enorme desafio humanitário que cremos e esperamos, não ocorra novamente nesta geração. Sabemos que os impactos destes dias serão sentidos por um bom tempo, tanto nas pessoas quanto nas instituições e empresas que reaprenderão a operar e criar valor para a sociedade de outras maneiras. Isso é mais que “simplesmente business”, é imperativo. Para que os dias melhores Continue lendo

Precisamos ajustar a maneira de ouvir os colaboradores

Precisamos ajustar a maneira de ouvir os colaboradores

3 minutos As coisas mudaram. E muito. A incerteza aumentou, as equipes ficaram mais dispersas, com menos contato pessoal, mais autônomas e não necessariamente mais produtivas. Ainda não temos dados concretos mas estima-se que 95% das empresas nos grandes centros terão equipes de back-office trabalhando em casa, trazendo desafios enormes na gestão de acessos a servidores, segurança de informação sensível, tráfego de dados e principalmente, gestão de pessoas. Em nossas conversas com alguns clientes sobre a decisão de continuar, mudar o foco ou postergar Continue lendo

O Engajamento e o teste da Mega-Sena

O Engajamento e o teste da Mega-Sena

3 minutos Pense comigo: quantas pessoas na sua empresa podem ser chamados de ENGAJADOS? Sim, engajados. Aqueles que têm orgulho da empresa e do trabalho que fazem lá, querem continuar, recomendam, sentem-se psicologicamente seguros naquele ambiente e contribuem para que a empresa seja melhor a cada dia. E então, qual o percentual de pessoas assim aí na sua empresa? Menos de 10%? 30%? 50%? Se eu me basear nas pesquisas e diagnósticos de engajamento que aplicamos há mais de 15 anos, posso garantir que Continue lendo

Algumas (ótimas) ideias de como envolver a equipe no planejamento e na execução da estratégia de sua empresa

Algumas (ótimas) ideias de como envolver a equipe no planejamento e na execução da estratégia de sua empresa

14 minutos Ter gente engajada na execução de algo planejado é tão precioso quanto planejar algo podendo contar com gente engajada no time. No primeiro caso, a força, a energia e a convicção da equipe de implementação nos dá aquela “quase certeza” de que o planejado vai se realizar, vai sair do papel. No segundo caso, a boa vontade, a abertura e a ambição de crescer juntos nos traz a convicção de que o desenho concebido está alinhado com um futuro alcançável. Com pessoas Continue lendo

Reter talentos: a cultura da empresa e o engajamento de colaboradores como vantagens competitivas

Reter talentos: a cultura da empresa e o engajamento de colaboradores como vantagens competitivas

5 minutos Você pode usar a cultura da sua empresa e o nível de engajamento dos seus colaboradores como sua grande vantagem competitiva para reter talentos. Vou te explicar melhor. As pequenas e médias empresas de hoje têm um desafio imenso: se veem nadando contra todas as forças para continuar a ser relevantes no mercado em que atuam. Encaram desafios como a automação, os fluxos de capital ultradirecionados e muita gente jovem orientada por objetivos e com formação às vezes duvidosa. Não é fácil Continue lendo