Entenda como melhorar o clima organizacional da sua empresa

Tempo de leitura: 12 minutos

Um bom clima organizacional em sua empresa tem um efeito poderoso em todos os aspectos do ambiente de trabalho, da produtividade às relações interpessoais. Quando bem implementado, pode trazer resultados positivos tanto para o negócio quanto para a equipe.

Neste artigo, vamos explicar como construir um ambiente de trabalho mais produtivo e gratificante para seus colaboradores.

Antes, falaremos um pouco mais sobre a importância desse aspecto para sua empresa, os tipos de clima organizacional e os principais atores envolvidos. 

Apresentaremos, ainda, as diferenças e conexão entre clima organizacional e engajamento, bem como o que é necessário para realizar uma pesquisa de clima organizacional em sua empresa. Vamos lá?

O que é clima organizacional?

Ele é o resultado da combinação de elementos mensuráveis que afetam a maneira como os membros da equipe percebem o local de trabalho. Resumidamente, o clima organizacional é o principal indicador de satisfação e insatisfação dos colaboradores e afeta diretamente a percepção que eles têm sobre a empresa, bem como sua produtividade e motivação.

Daí a importância de medir a reação da equipe em relação ao clima da organização, identificando os aspectos que direta ou indiretamente influenciam o comportamento profissional desses colaboradores. Vale lembrar, ainda, que o clima organizacional varia de uma organização para outra e mesmo entre departamentos. 

Qual a importância do clima organizacional para a empresa?

É fácil identificar quando o ambiente de trabalho é percebido positivamente pelos colaboradores, porque eles conseguem aumentar a produtividade e a motivação, além de desfrutar de um maior senso de realização profissional. Ou seja, um bom clima organizacional consegue extrair o melhor desempenho dos colaboradores, o que contribui diretamente para o crescimento da empresa.

Por sua vez, quando o clima organizacional apresenta problemas, o desempenho coletivo é prejudicado. Há dificuldades de relacionamento entre profissionais do mesmo setor, com outros departamentos e até com os gestores. Perde-se o esforço conjunto para a criação de um ambiente colaborativo, harmonioso e inovador.

Quais as diferenças e a conexão entre clima organizacional e engajamento?

Ainda há muita confusão no entendimento sobre os conceitos de clima organizacional e engajamento, mas vamos esclarecê-los aqui. Como você viu, o clima organizacional indica o grau de satisfação do colaborador em relação a aspectos da rotina de trabalho que impactam diretamente a produtividade e o engajamento.

Já o engajamento diz respeito ao compromisso intelectual e profissional desse colaborador com a empresa em que trabalha. Uma equipe engajada é naturalmente contributiva e produtiva. Esses profissionais buscam o aperfeiçoamento constante, assumem mais riscos, são mais inovadores e sabem lidar com estresse de trabalho. A realização pessoal ocorre porque o colaborador reconhece que está fazendo algo produtivo.

O engajamento envolve 4 dimensões: significado, pertencimento, autonomia e desenvolvimento. Vamos conhecer um pouco sobre elas?

1. Significado

Diz respeito à identificação do colaborador com a missão da empresa. Ou seja, deve haver uma compatibilidade entre os valores pessoais e profissionais, o que faz com que o colaborador reconheça a relevância do trabalho realizado para a organização e a comunidade.

2. Pertencimento

É o sentimento que indica o vínculo do colaborador com a equipe, os gestores e a corporação.

3. Autonomia

A experiência do colaborador é considerada um recurso importante, a partir do qual ele tem flexibilidade para decidir qual é a melhor maneira de realizar um trabalho. Além disso, esse profissional reconhece que suas opiniões são consideradas nos momentos de tomada de decisão.

4. Desenvolvimento

Diz respeito às oportunidades de novos desafios e de crescimento pessoal e profissional. O colaborador reconhece que é uma pessoa cada vez mais qualificada e bem posicionada no mercado de trabalho.

Por isso, para aumentar a produtividade de sua empresa, é necessário buscar aperfeiçoar simultaneamente o clima organizacional e o engajamento dos colaboradores. Enquanto o clima pode promover a satisfação com os processos da empresa, o engajamento pode contribuir para aumentar o vínculo dos colaboradores com a organização. 

Quais são os tipos de clima organizacional?

Como dissemos no início do artigo, o clima organizacional varia de uma empresa para outra, por isso, o clima da Natura não é o mesmo de outra empresa como a Ambev, por exemplo.

Além disso, até mesmo dentro da mesma organização é possível identificar variações no clima organizacional. Consequentemente, não existe uma fórmula mágica que funcione para todas as organizações. Cabe aos gestores identificar qual é o clima mais satisfatório considerando a cultura, as estratégias e os desafios da empresa.

Também é preciso levar em consideração os perfis profissionais e as expectativas dos colaboradores em relação ao ambiente de trabalho. Independentemente do tipo de empresa, é importante promover o alinhamento de expectativas entre dos colaboradores e os objetivos da organização.

Por exemplo, as empresas da área de tecnologia têm construído um clima organizacional alinhado à cultura do negócio investindo em: ausência de dress code; espaços de lazer e descanso; horários flexíveis de trabalho e maior autonomia para os colaboradores.

Algumas organizações preferem um clima organizacional mais voltado para a colaboração, priorizando as ações coletivas; oferecendo treinamentos e capacitação, além de feedback constante para o desenvolvimento do colaborador.

Outras empresas consideram a competitividade saudável entre os colaboradores como a base do clima organizacional satisfatório. O reconhecimento dos profissionais de destaque é feito por meio de uma remuneração competitiva e benefícios como participação nos lucros e resultados, planos de saúde e seguro de vida.

Quais fatores influenciam o clima organizacional?

O clima organizacional é impactado positivamente pelos seguintes motivos:

  • alinhamento entre os objetivos da empresa e do colaborador;
  • benefícios oferecidos;
  • companheirismo entre a equipe;
  • confiança: crença na confiabilidade, capacidade e força da liderança, o que facilita a flexibilidade para a tomada de riscos necessária para obter sucesso;
  • execução: a capacidade de alcançar resultados estratégicos implementando táticas eficazes e mantendo o cronograma;
  • identificação com a função;
  • motivação para alcançar uma meta combinada e a força para manter o comprometimento mesmo diante de obstáculos e desafios;
  • mudança: desejo de inovação e adaptação frente à constante evolução dos processos organizacionais;
  • perspectivas de crescimento;
  • saúde organizacional;
  • senso de responsabilidade por parte da empresa em relação aos colaboradores;
  • trabalho em equipe: a ação colaborativa em busca de um objetivo exige o compartilhamento de um senso de propósito, bem como ferramentas para poder se comunicar e trabalhar em equipe;
  • transparência na transmissão da cultura e valores da empresa.

Quem são os ‘atores’ do clima e quais são os seus papéis?

Podemos considerar que o clima organizacional apresenta 3 atores principais: o gestor de pessoas, os líderes da organização e o colaborador.

O gestor de pessoas é quem coloca em prática a estratégia da empresa de fornecer os recursos necessários para a melhoria do clima organizacional e, consequentemente, da produtividade dos colaboradores. Ele deve priorizar o alinhamento das expectativas da organização e dos profissionais na gestão do clima.

O papel do líder da organização também não pode ser esquecido, afinal, os profissionais que têm um bom relacionamento com a liderança são mais satisfeitos com o clima organizacional. Além disso, esses profissionais precisam ser conscientizados pelos gestores de pessoas sobre a importância do clima, para colaborarem na implementação de melhorias no ambiente de trabalho.

Já a conduta do colaborador é reconstruída a partir dos contextos apresentados no ambiente de trabalho. Ao avaliar os gestores, eles também precisam se sentir reconhecidos e valorizados. Vale lembrar ainda que a equipe também tem um importante papel na manutenção de um bom clima no ambiente de trabalho.

Essa participação ativa acontece por meio da própria conduta profissional, no relacionamento com colegas, oferecendo sugestões aos gestores, participando das pesquisas de clima organizacional e no envolvimento direto com os planos de ação para melhorias .

Como fazer uma pesquisa de clima organizacional?

A melhor maneira de monitorar e identificar os pontos que precisam ser melhorados no ambiente de trabalho é a pesquisa de clima organizacional. Essa análise tem como propósito:

  • analisar as mudanças ocorridas ao longo do tempo no clima organizacional da empresa;
  • apontar melhorias para o ambiente de trabalho;
  • aumentar o espaço para a inovação;
  • avaliar a qualidade de vida dos profissionais no ambiente corporativo;
  • identificar os perfis de comportamento dos colaboradores;
  • identificar problemas de convivência;
  • permitir a retenção e atração de talentos;
  • reconhecer a influência do clima organizacional na motivação da equipe;
  • reconhecer os comportamentos contraproducentes e obstáculos de desempenho;
  • verificar a autonomia dos profissionais.

A pesquisa de clima organizacional pode ser realizada pela equipe de gestão de pessoas. É importante adotar uma linguagem casual no momento das perguntas e garantir o anonimato das respostas, para que o colaborador não sinta medo ou constrangimento ao compartilhar suas impressões. O trabalho pode ser dividido em 6 etapas, apresentadas a seguir.

Identificação dos objetivos

Investigue os objetivos da pesquisa e defina os tópicos que serão abordados — por exemplo: benefícios, convivência, comunicação interna, infraestrutura, liderança e vida profissional. Identifique, também, qual metodologia será adotada.

Divulgue e aplique a pesquisa

É importante comunicar a equipe sobre a importância da pesquisa. Converse com os líderes e peça que eles incentivem a participação dos colaboradores.

Analise os resultados

A partir das respostas apresentadas, realize um mapeamento do clima organizacional e crie um plano de ação para implementar melhorias.

Divulgue os resultados

Não deixe de informar a todos os membros da organização os resultados encontrados e as ações que serão implementadas.

Dê início às mudanças

É hora de colocar em prática as estratégias de melhoria do clima organizacional. Não se esqueça de monitorar as ações adotadas, bem como os impactos gerados.

Por que você precisa de referências de mercado?

Para obter resultados mais eficientes em sua pesquisa de clima organizacional, o ideal é contar com o apoio de uma consultoria de pesquisa. Ela pode atuar em sua organização tanto na implementação da pesquisa quanto no desdobramento do processo, preparando os gestores para executar o plano de ação desenvolvido após a análise de dados da pesquisa, por exemplo.

Além disso, essa consultoria trabalha para empresas de diferentes perfis e tem experiência no mapeamento do clima das organizações. Na pesquisa, ela vai incluir uma comparação entre os resultados obtidos em sua organização com o mercado e, com base no histórico de projetos concluídos, pode contribuir para o planejamento de soluções que promovam melhorias no clima organizacional.

A Carvalho & Mello é uma consultoria especializada em desenvolvimento de pessoas por meio de pesquisas de clima organizacional, planos de ação pós-pesquisa de clima, pesquisa de cultura organizacional, treinamentos e avaliações de competências.

Atuando no mercado há mais de uma década, temos nos destacado tanto pelo atendimento individualizado como pelo uso de metodologia científica. Além disso, o emprego da tecnologia nos trabalhos confere qualidade, objetividade e clareza às coletas de informações e à elaboração dos relatórios.

Como melhorar o clima organizacional?

Chegou a hora de conhecer ações que podem tornar o ambiente de trabalho mais satisfatório para os colaboradores.

Invista na infraestrutura e capacitação

Para que os colaboradores possam desempenhar bem suas atividades, eles precisam contar com ferramentas e instalações apropriadas. Não se esqueça, também, de pensar sobre a estrutura organizacional, para aproveitar melhor o potencial dos colaboradores.

Além disso, empresas que investem no treinamento e formação dos colaboradores tanto no âmbito profissional quanto pessoal costumam ter um clima organizacional mais satisfatório. Essa capacitação ainda contribui para o desenvolvimento e produtividade da organização.

Ofereça benefícios aos colaboradores

Ter uma política de benefícios adequada ao perfil do profissional contribui para a promoção de um bom clima organizacional. Ginástica laboral, convênio com universidades ou a possibilidade de trabalho em home office são alguns exemplos.

Se possível, ofereça um plano de carreira, para que o colaborador tenha uma perspectiva de desenvolvimento na empresa.

Promova a colaboração da equipe

O clima organizacional é mais satisfatório quando há um vínculo entre os colaboradores e os colegas de trabalho. Ainda que cada profissional desempenhe diferentes papéis dentro da organização, é necessário estabelecer um objetivo unificador no que eles fazem.

Melhorar a integração dos colaboradores entre si e com as lideranças também influi positivamente no ambiente de trabalho e na produtividade da empresa. Eventos internos podem ser uma maneira de gerar um sentimento de pertencimento ao grupo, assim como celebrar coletivamente as conquistas da empresa.

Adote o endomarketing

O objetivo do endomarketing é melhorar o clima organizacional da sua empresa e contribuir para a valorização de cada colaborador e da equipe. Ele deve ser planejado de acordo com os valores e objetivos da organização.

Essa estratégia pode ser utilizada, por exemplo, para melhorar a comunicação interna da empresa, facilitando a troca de experiências, a integração entre os diferentes setores e o feedback constante.

Criar um clima organizacional mais convidativo e acolhedor está ao alcance de qualquer empresa. Basta arregaçar as mangas e começar a implementar as estratégias apresentadas aqui. E não se esqueça de contar com o auxílio de uma consultoria especializada, como a Carvalho & Mello.

Entre em contato conosco, converse com um dos nossos consultores e encontre a melhor solução para empoderar o gerenciamento de equipes da sua empresa! Grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *