Oito dicas para que seu plano de ação não falhe no momento crucial: a implementação

Tempo de leitura: 6 minutos

Quantas vezes um gestor precisa dizer algo para que aquilo surta efeito dentro de uma empresa? Pois é, de acordo com a maioria dos líderes, engajar colaboradores em torno de uma mudança é um desafio comum. Para que a sua gestão consiga tirar planos de ação do papel com mais facilidade, listamos neste artigo oito dicas que podem ajudar seu projeto a não falhar no momento mais delicado: a implementação. 

Vamos analisar os fatos. Em primeiro lugar, planos de ação não geram mudanças por conta própria. Colaboradores, equipes, líderes e organizações que replicam o mesmo modelo milhares de vezes precisam virar a chave e incorporar uma nova mentalidade. É por isso que a cultura organizacional de uma empresa diz muito sobre sua capacidade de mudar cenários a favor da produtividade e eficiência.

Em segundo lugar, gasta-se muito dinheiro para desenvolver planos de ação que sejam eficientes, mas o cenário recorrente é este: após o lançamento em meio a um grande alvoroço, 70% das mudanças esperadas não ocorrem. Isso acontece porque os processos mudam, mas as pessoas continuam as mesmas. 

O que constatamos é que a mudança não surge de um simples anúncio ou plano de comunicação, ela precisa ser cultural. É preciso explorar cada ponto de conexão e canal para alcançar todos os indivíduos de uma organização, fazendo disso um processo contínuo. Um plano de ação, em sua essência, é um processo evangelizador. Para isso, ele requer adesão.

A boa notícia é que existem formas de se engajar colaboradores ao redor de uma causa em comum: fazer da empresa um lugar melhor para se trabalhar. A seguir, apresentamos oito dicas para que você implemente planos de ação melhores e mais eficientes, que geram mais produtividade na sua empresa. 

Leia mais: Algumas (ótimas) ideias de como envolver a equipe no planejamento e na execução da estratégia de sua empresa

  1. Explicite os motivos

Convença as pessoas de que elas precisam mudar apontando a raiz do problema. Aponte os benefícios da mudança e desenhe como será o futuro após o processo. Apresentar a razão pela qual é importante adotar uma nova postura ajuda colaboradores a se tornar abertos à mudança. Cientes de que seu trabalho pode ter mais sentido, eles abraçam mais facilmente o processo e se adaptam melhor a ele.

  1. Desenvolva o plano com quem de fato atua na área

Ninguém mais ciente de que é preciso mudar do que os próprios envolvidos no dia a dia do trabalho. Eles sabem o que funciona ou não, possuem consciência dos pontos de atrito que exigem melhoria. Por isso, envolva os colaboradores diretamente no processo de definição das ações. Como revela o Efeito Ikea, pessoas valorizam mais aquilo que ajudaram a construir.

  1. Foque em uma mudança por vez

Mudanças levam tempo e são incrementais. No lugar de tentar resolver uma série de questões com uma tacada só, ou em um único plano, permita que as oportunidades de melhoria sejam endereçadas e priorizadas incrementalmente. Comece com um número reduzido de aspectos a serem trabalhados, dando preferência aos pontos que podem ser base para outras mudanças mais à frente. 

  1. Tenha uma estratégia clara

Se boa parte dos colaboradores sequer compreendem a estratégia da empresa onde trabalham, é bem provável que eles também não conheçam o caminho que foi traçado para que o plano de ação dê resultado. Neste sentido, mostre claramente os pontos de melhoria a serem atacados e quais comportamentos precisam ser mudados para tal.

  1. Forneça mais respostas do que afirmações

Apesar da importância de se repetir mais de uma vez a missão do projeto em torno da mudança, permita que as pessoas se tornem engajadas ao serem ouvidas. Dê aos colaboradores a oportunidade de fazer perguntas abertas aos seus gestores em todos os níveis durante a implementação do plano de ação. Defina um local para que eles possam endereçar problemas que venham a ocorrer durante o processo. 

Leia mais: Três formas de se aumentar a produtividade de equipes e colaboradores, com base em dados

  1. Engaje as pessoas em diferentes frentes

Indivíduos aprendem e se adaptam de formas diferentes e em variadas velocidades. Dessa forma, explore cada canal disponível para engajar colaboradores no processo de ação. 

Alguns indivíduos evitam emails, enquanto outros usam o celular durante apresentações importantes. Para evitar distrações ou mensagens falhas, defina locais na empresa onde as pessoas possam ter voz.

Use pontos de encontro, almoços coletivos, treinamentos presenciais e digitais, vídeos, animações, mapas, infográficos, redes sociais, pôsteres e anúncios em texto. Descubra quais são os caminhos para engajar as pessoas e explore todos. 

  1. Conte com um profissional no assunto

É difícil para uma empresa perceber o momento no qual a solução para seu problema é contar com ajuda externa. Obter a orientação de um profissional facilitador ou uma consultoria especializada em implementação de planos de ação pode ser o divisor entre o fracasso e o sucesso. 

Isso acontece porque é muito comum haver barreiras que são criadas dentro da própria empresa quando se desenvolve um projeto internamente. Muitas vezes, a orientação imparcial e externa é capaz de colocar o projeto no eixo certo, com a visão de quem sabe ir direto ao ponto, filtrando superficialidades e egos. 

  1. Mostre que os grandes ganhadores são eles

Criar um sentido de engajamento inicial em torno da mudança de postura é um passo que favorece o engajamento a longo prazo de colaboradores. Mostre a todos que a quebra da barreira inicial para se mudar comportamentos traz benefícios como um fluxo melhor de trabalho, melhor resolução de problemas, maior produtividade, mais senso de pertencimento e alinhamento de objetivos. 

Saiba mais sobre clima organizacional e engajamento:

Como a cultura de sua empresa e o engajamento dos colaboradores são vantagens competitivas

Quais as diferenças entre pesquisa de clima organizacional e pesquisa de engajamento?

Efeito IKEA: o colaborador como peça importante na cultura organizacional

Criando uma cultura de feedback em sua empresa

Guia para escolher o tipo certo de pesquisa de engajamento e clima de sua empresa

nossa pesquisa



Nosso site: carvalhoemello.com.br
Pesquisa de Clima Organizacional
Avaliação de Desempenho e Competências
Contato – Fale com a gente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *